Home Bem-estar Saúde Técnica transforma o tratamento de doenças neurológicas

Técnica transforma o tratamento de doenças neurológicas

8 min de leitura
0
0

Médico neurocirurgião, hipnoterapeuta e criador da técnica Decodificação Mente Corpo está transformando o tratamento de doenças.

São Paulo – Se a saúde do corpo depende da saúde da mente, e vice e versa, por que a medicina tradicional escolhe, por vezes, separar o físico do psicológico?

Esta foi a dúvida que surgiu no neurocirurgião Carlos Alberto Ribeiro após recorrer a medicina alternativa para a cura de uma dor crônica em seus quadris e solucionar aquele problema.

Formado em medicina pela Faculdade Federal do Espírito Santo, em 1999, com residência em neurocirurgia realizada de 2000 a 2005 no Hospital Beneficência Portuguesa e uma subespecialização em cirurgia na coluna realizada na Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, Dr. Ribeiro tem se tornado cada vez mais conhecido por ministrar o curso DMC (Decodificação Mente Corpo) que vem transformando a vida de pessoas comuns acometidas por doenças recorrentes.

Doenças comuns e muitas vezes sem cura para a medicina convencional acabam arruinando a vida de muitas pessoas, porém, com a técnica DMC, é possível realizar a leitura dos sintomas no corpo físico e detectar a emoção associada ao trauma causador da doença ressignificando o mesmo e permitindo que o corpo possa colocar em ação os programas biológicos que levam a cura das doenças.

No curso DMC os alunos conseguem trabalhar os sintomas, e transformá-los numa trilha de códigos que o conduzirá a entender os motivos que o levaram a desenvolver tal doença.

Se em determinadas situações a medicina tradicional não encontra respostas, Dr. Carlos Alberto defende ciências paralelas que apresentam resultados positivos a curto prazo.

“Comecei a perceber que tudo aquilo que aprendi na faculdade não eram verdades absolutas, que na maioria dos meus pacientes, os exames não justificavam o quadro clínico. As doenças neurológicas como enxaqueca, Esclerose Múltipla, Esclerose Amiotrófica, paralisias e doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson não tinham cura pela neurologia. Percebi que havia algo que ia muito além daquilo que aprendi na medicina”, explica o neurocirurgião”.

Após compreender que a medicina alternativa pode caminhar lado a lado com a tradicional, Dr. Carlos Alberto acumulou em sua vida profissional informações sobre abordagens da mente e traumas sintomáticos.

Por isso, optou por adicionar às suas formações em Microfisioterapia e em Nova Medicina Germânica, especializações em Hipnoterapia Clássica, Programação Neurolinguística (PNL) e Constelação Familiar.

Todas as técnicas são utilizadas no protocolo da Decodificação Mente Corpo (DMC), que está sendo aplicada com sucesso por Dr. Carlos Alberto desde 2017.

Com a técnica, o indivíduo descobre eventos traumáticos e atua sobre eles por meio da regressão com a hipnose.

Assim, poderá ressignificar em tempo real aquilo que impede o seu corpo de se auto curar. Além disso, é a única técnica diagnóstica que encontra o problema/desequilíbrio e o corrige em tempo real, durante a sessão.

Gabriel Martins, sofreu a vida toda com problemas no nariz e garganta consequentes de insistentes crises de Sinusite. Após passar pela terapia durante o curso de DMC obteve resultados satisfatórios quase que instantâneos.

“No mesmo dia da terapia, meu corpo já conseguiu reagir de forma diferente e depois do curso não tive mais Sinusite e parei com os remédios que usava o tempo inteiro. Estava em dúvida entre fazer uma cirurgia ou fazer o curso. Optei pelo curso e hoje não vejo necessidade de ir atrás de nenhum procedimento cirúrgico porque a terapia acabou resolvendo todos os meus problemas com a doença”, conta o hipnoterapeuta.

 


Recomendados

livros recomendados - lista amazon

Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Auto-hipnose para parar de fumar

Dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco (Vigitel) revelam que nos ú…