Home Organização & Produtividade Organize-se e liberte sua criatividade

Organize-se e liberte sua criatividade

8 min de leitura
0
0

Geralmente pensamos em criatividade como fruto do Caos, um turbilhão de idéias novas surgindo da pura inspiração, ou, para os menos modestos, da própria genialidade.

Entretanto, a rotina corporativa pode sufocar a criatividade com tarefas maçantes, ainda que aparentemente indispensáveis para o andamento do setor.

Mesmo no dia em que você chega empolgadíssimo para soltar as rédeas da sua criatividade e se dedicar 100% a um novo projeto, lá vem a lista de emails, com 8 mensagens ostentando a palavra URGENTE, telefones clamando por tarefas prometidas para ontem, relatórios inconclusos, apresentações pela metade, enfim, o caos que não desperta, mas sufoca a criatividade.

Em um contexto ideal, você trabalharia focado, empilhando insights até chegar a uma estrutura criativa perfeita, mas no mundo real, a rotina conspira contra nós.

A tecnologia, que deveria nos tornar mais eficientes, cria novas maneiras de sermos interrompidos a cada momento (leia-se: celular, email, MSN, SMS, Skipe, Blackberry, Twitter…).

Embora facilite o tráfego de informações, essa constante disponibilidade é fatal para nossa concentração e, consequentemente, nosso fluxo criativo.

O foco no trabalho torna a criatividade fluída e natural, praticamente automática; por outro lado, a atenção difusa ou, como se convencionou chamar, multi-tarefa, tem o alcance curto e superficial, incapaz de gerar idéias originais e estruturadas.

Então, como fazer?

1. Separe Urgente de Importante

Idéia já desenvolvida por Steven Covey, em seu best-seller 7 hábitos de pessoas altamente eficazes.

Segundo o autor, nós gastamos tempo demais com tarefas que são urgentes, mas não são importantes.

A solução é priorizar o trabalho que é importante, mesmo que não seja urgente.

É uma tarefa difícil no dia a dia, em que somos interrompidos a todo momento, mas que garante que nossas metas de médio e longo prazos (o que inclui nossos sonhos e projetos pessoais) sejam cumpridas.

Além do mais, quanto mais você prioriza e se dedica a questões importantes hoje, menos problemas importantes e urgentes cairão na sua mesa amanhã.

2. Descubra e defenda sua hora mais criativa

Todos nós temos uma parcela do dia em que somos mais produtivos, nossa concentração vai nas alturas e, com ela, nosso potencial criativo. Defenda essa hora com unhas e dentes.

Se o seu pico de produção ocorre no início da manhã, entre 8 e 10 horas, organize-se para não ter reuniões de rotina neste horário, evite atender o telefone e só confira sua caixa de emails após este período. Se dedicar seu momento mais produtivo e criativo às questões importantes, se surpreenderá depois de alguns meses com seus próprios resultados.

3. Concentre suas tarefas

Uma receita infalível de sufocar seu ritmo criativo é ter na sua frente uma lista sem fim de pequenas tarefas. Podem consumir apenas 5 minutos cada uma, mas sua mente tem que pular de um contexto a outro, sem tempo de se aprofundar em nenhum deles. Ao fim do dia, cansaço, muitas pequenas demandas atendidas e nada de novo na mente.

Uma maneira de ser mais produtivo com pequenas demandas é organizá-las em grupos, de modo que se torne uma única grande tarefa. Grupos possíveis: responder emails, ligar para clientes, ligar para fornecedores, revisar pedidos.

Organizando-se desta maneira, é muito mais provável que o tempo necessário para zerar o ‘conjunto’ seja bem menor que o que você gastaria para atender a todo este ‘pouporri do inferno’, na ordem em que cai no seu colo.

4. Centralize suas demandas e limpe sua mente

Nada pior para a concentração e criatividade do que a sensação de se estar esquecendo algo muito importante.

Entretanto, se em seu sistema de organização pessoal suas obrigações ficam organizadas em sua caixa de emails, sua agenda pessoal, sua agenda profissional, em seu escaninho, em um arquivo excel no desktop e naquele carnaval de post-its colados em seu monitor, a possibilidade de esquecer algo importante é bem maior.

Centralize suas obrigações em apenas 2 canais, um físico e um digital.

Dependendo da profissão, até dispensa-se a agenda física, desde que o digital seja online, e protegido contra ‘deletes’ acidentais ou falhas de sistema.

Depois que você sabe quais demandas estão sob sua responsabilidade e tem clareza sobre o que é importante e deve ser feito agora, concentre-se e libere sua criatividade. Para sua carreira e seus sonhos, é isto que importa.

 

Fonte: MetaExecutiva

 


Recomendados

livros recomendados - lista amazon

Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Organização & Produtividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

7 passos para desenvolver uma mentalidade empreendedora anti-crise

A pandemia provocada pelo novo coronavírus tem deixado sequelas na saúde e também na econo…