Home Bem-estar Alimentação Zero Glúten: Receitas para dietas restritivas

Zero Glúten: Receitas para dietas restritivas

10 min de leitura
0
0

Renata Guirau, especialista em nutrição do Oba Hortifruti ensina o passo a passo de pão integral, massa para panqueca e torta de liquidificador sem glúten


Em linha com o Dia Internacional do Celíaco, celebrado em 16 de maio com o objetivo de conscientizar sobre a doença, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau ensina receitas práticas e saborosas de pão integral, massa para panqueca e torta de liquidificador para serem feitas por quem precisa seguir uma dieta restritiva.

De acordo com a nutricionista, uma série de reações inflamatórias e que prejudicam a saúde ocorrem quando as pessoas celíacas ou que possuem sensibilidade ao glúten consomem cereais como trigo, centeio, triticale, cevada e aveia.


“A doença celíaca é uma questão autoimune, na qual ocorre a atrofia da estrutura intestinal, tendo como consequência a má absorção de nutrientes, desnutrição, entre outros sintomas. É grave, prejudica muito a qualidade de vida dos portadores e pode inclusive evoluir para outras doenças”, explica a profissional.


Já a intolerância e a alergia ao glúten – também chamada de sensibilidade ao glúten não celíaca – é caracterizada por uma reação de intolerância ou “má digestão” dessa proteína dos cereais no intestino. É mais leve que a doença celíaca e mais frequente, embora ainda assim possa causar sintomas muito desconfortáveis para quem possui.

Apesar de não haver evidências de que a exclusão do glúten faz mal à saúde, a nutricionista ressalta que quem não apresenta doença celíaca ou intolerância não precisa tirar esse componente da rotina alimentar.

“Essa prática se tornou “moda” entre as dietas de emagrecimento, o que não tem nenhum fundamento científico. O que ocorre é que o glúten está presente em alimentos mais calóricos, como pães, macarrão, pizza, lanches e o consumo exagerado desses alimentos favorece aumento de peso.

Quando não como esses alimentos, reduzo meu consumo calórico e obtenho emagrecimento. Não pela exclusão do glúten, mas pela redução na quantidade de calorias ingerida”, salienta Renata.

Já que preparar em casa a maioria das refeições dentro das próprias necessidades faz parte da rotina do grupo de pessoas que possuem alguma patologia relacionado ao glúten, a nutricionista sugere receitas simples para o dia a dia e que podem ser completadas com os mais variados sabores.

E para quem não é muito fã de aventuras na cozinha e prefere mais praticidade na rotina, a mercearia das mais de 50 lojas da rede Oba Hortifruti possui uma seção especial de produtos sem glúten, que inclui opções de pães, biscoitos, massa, entre outros itens.



Pão integral (sem glúten)

  • 3 ovos
  • 5 col de sopa de azeite
  • 1 xíc de chá de leite desnatado ou leite de arroz
  • 1 col de café de sal
  • 1 col de sopa de pssyliun em pó
  • 1 e ½ xic de farinha de arroz
  • ½ xic de polvilho doce
  • ½ xic de fécula de batata
  • 1 col de sopa de fermento em pó

 

Pão integral sem glúten

Preparo:
1) Bata tudo no liquidificador e coloque em forma de bolo inglês untada.
2) Leve para assar até que o pão fique dourado.


Massa para panqueca (sem glúten)

  • 1 ovo
  • ½ xícara de chá de leite desnatado ou leite de arroz
  • 1 xícara de chá de amido de milho
  • 1 col de sopa de fermento em pó
  • ½ colher de chá de sal (se quiser fazer recheio doce, não acrescente o sal)

 

Massa para panqueca (sem glúten)

Ingredientes opcionais: parmesão e orégano.
Recheios: frango desfiado, carne moída, ricota temperada, cogumelos refogados.


Massa para torta de liquidificador

  • 3 ovos
  • 250 mL de água
  • 1/3 de xícara de chá de azeite
  • 1 xicara de chá de farinha de arroz
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de sal

 

Massa para torta de liquidificador


Preparo:
1) Bata tudo no liquidificador até a mistura ficar homogênea e coloque em uma assadeira untada.
2) recheie com a opção de sua preferência e leve para assar até que a massa fique dourada.

Sugestões de recheio: frango desfiado, atum, cogumelos, palmito, legumes.

Quem preferir mais praticidade, rede de hortifruti conta com seção especial de produtos para celíacos e intolerantes ao componente

SOBRE O OBA HORTIFRUTI

A rede é referência em qualidade e variedade de produtos, e oferece diariamente um atendimento mais próximo, que prioriza o relacionamento com o cliente, garantindo o equilíbrio perfeito entre sabor e saúde para a vida das pessoas. Acredita que reunir a família e os amigos ao redor da mesa é um momento gostoso e saudável. Referência em saudabilidade e prazer em comer bem, O Oba é fonte para quem deseja manter uma boa alimentação.

A rede também foi premiada duas vezes pela Folha de S. Paulo como a marca mais lembrada pelos brasileiros na categoria hortifruti. A pesquisa, chamada Top of Mind, é realizada todo ano pelo Datafolha, em mais de 170 cidades brasileiras.

Atualmente, a marca possui mais de 50 lojas espalhadas pelos Estados de São Paulo, Goiás e Distrito Federal. Com 40 anos de história, a rede expandiu sua atuação no mercado com setores de frios e laticínios, açougue, adega, mercearia, importação própria, pré lavados, lanchonete, floricultura, padaria e restaurante, que complementam o setor de hortifruti.


Recomendados

livros recomendados - lista amazon

Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Pizza sem Glúten: nutricionista ensina opções saudáveis para fazer em casa

Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti explica como deixar o tradicional prato ita…