Home Bem-estar Saúde Cigarro pode ser prejudicial à visão

Cigarro pode ser prejudicial à visão

6 min de leitura
0
0

No Brasil, 29 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Criada em 1986, a data tem como objetivo conscientizar a população sobre os riscos decorrentes do uso do cigarro e alertar para uma realidade importante: o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

No Brasil, a estimativa é que aproximadamente 200 mil pessoas morram todos os anos em decorrência do fumo.

No entanto, quando se fala em males do cigarro, automaticamente vem à cabeça doenças respiratórias, cardíacas e câncer.

Poucos têm consciência de que o tabagismo também interfere na visão, pois como o olho é um órgão muito vascularizado, o tabaco intervém no calibre vascular, no sangue, na oxigenação e ainda é oxidante.

Para ter uma ideia dos riscos, um trabalho da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, concluiu que, além de potencializar a catarata, o hábito de fumar aumenta em duas ou três vezes a chance de desenvolver Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) – doença degenerativa da retina que provoca perda progressiva da visão central.

E os fumantes correm duas vezes mais risco de ficarem cegos pela doença.

“O tabaco tende a piorar a catarata, pois facilita a entrada de produtos químicos na superfície ocular. Já a Degeneração Macular está diretamente ligada à exposição ao fumo. Quanto maior o número de cigarros fumados, maior o dano à visão”,  explica o dr. Sérgio Kniggendorf, médico referência em Retina e Vítreo do Hospital Oftalmológico de Brasília (HOB).

O oftalmologista alerta ainda que o fumante passivo – aquele que não fuma, mas convive com fumantes em ambientes fechados, ficando exposto aos componentes tóxicos do tabaco – também deve ficar atento.

“Devemos lembrar que os fumantes passivos também sofrem, pois podem ter piora nas doenças maculares, aumento do risco de tromboses, infartos retinianos, além do agravamento da retinopatia diabética e hipertensiva”, ressalta o médico. Estudos indicam ainda que o tabaco contribui para o agravamento do glaucoma e é um dos principais fatores de risco da doença de Graves, uma alteração na glândula tireoide que provoca inchaço nos músculos externos ao redor dos olhos, causando a impressão de olho saltado.

Segundo o oftalmologista, o cigarro também piora quadros de alergias, Síndrome do Olho Seco e promove desconforto para quem usa lentes de contato. 

É claro que o desenvolvimento das doenças oculares depende de outras variáveis, como a herança genética, por exemplo. Entretanto, o tabaco é um fator de risco que pode ser eliminado e garantir uma melhor qualidade de vida quando se fala em visão”,conclui o dr. Sérgio Kniggendorf.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Combate ao fumo: tabaco mata mais de 6 milhões por ano

Especialista da Cia. da Consulta alerta para a principal causa de morte evitável do…