Home Consciência Pode você realmente ajudar a si mesmo?

Pode você realmente ajudar a si mesmo?

5 min de leitura
1
0

Pesquisa desafia “verdades” da auto-ajuda sobre automotivação

Voz interior

Pode você realmente ajudar a si mesmo?

Uma pesquisa realizada na Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, revelou que as pessoas que se questionam se conseguirão executar uma tarefa geralmente saem-se melhor do que aqueles que dizem a si mesmos que vão se sair bem.

A descoberta desafia praticamente toda a literatura de auto-ajuda ligada à área dos negócios, da administração e da profissionalização, que aposta em uma autoconfiança exacerbada.

Existem poucas pesquisas na área desse “falar consigo mesmo”, embora todos sejam conscientes de uma voz interior que nos fala sempre. Também na literatura, o diálogo interno muitas vezes influencia a forma como as pessoas motivam e determinam seu próprio comportamento.

Dúvidas que ajudam

Os cientistas testaram os dois tipos de motivação – o questionamento sobre a própria capacidade e a certeza do sucesso – em 50 participantes, incentivando-os explicitamente a gastar um minuto imaginando se seriam capazes de completar uma tarefa ou, no caso do segundo grupo, dizendo-lhes que conseguiriam.

Na realização da tarefa, o primeiro grupo, que questionou sua capacidade para a tarefa, saiu-se significativamente melhor do que o grupo que apostou na autoconfiança.

Em outro experimento, a orientação explícita dos cientistas foi substituída pelo ato de escrever uma frase – “Eu conseguirei” ou “Será que conseguirei?”. A seguir foi realizada a mesma tarefa.

Novamente, o grupo que expressou a dúvida em sua frase saiu-se melhor.

Motivação inconsciente

Por que isso acontece?

A equipe da professora Dolores Albarracin suspeita que o resultado está relacionado com uma formação inconsciente da pergunta “Será que conseguirei?” e seus efeitos sobre a motivação.

Ao fazer uma pergunta a nós mesmos, ficaríamos mais propensos a elaborar nossa própria motivação.

Segundo a cientista, as descobertas podem ter implicações nas áreas cognitiva, social, clínica, da saúde e da psicologia desenvolvimental, bem como em clínicas, estabelecimentos educacionais e em ambientes de trabalho.

“Estamos voltando a nossa atenção para o estudo científico de como a linguagem afeta a auto-regulação,” diz Albarracin. “Os métodos experimentais estão nos permitindo investigar o discurso interior das pessoas, tanto os explícitos quanto os implícitos, e como o que as pessoas dizem a si mesmas determinam o seu comportamento.”

Dúvida construtiva

Os resultados desafiam paradigmas tradicionais adotados desde as mensagens de serviço público até a literatura de auto-ajuda, que buscam motivar as pessoas rumo a comportamentos mais produtivos e mais saudáveis.

“A ideia popular é que a auto-afirmação reforça a capacidade das pessoas em cumprir seus objetivos,” comenta Albarracin. “Parece, no entanto, que, quando se trata de realizar um comportamento específico, fazer perguntas é uma maneira mais promissora de alcançar seus objetivos.”

via Diário da Saúde


Recomendados

livros recomendados - lista amazon
Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Consciência

Um comentário

  1. valsantoro@hotmail.com'

    Valeria Santoro

    21 de junho de 2010 at 20:00

    Olá, meu nome é Valéria, trabalho na Ketchum Estratégia, uma agência de relações públicas, e tenho uma sugestão que pode ser uma pauta bacana sobre saúde e qualidade de vida para o teu blog.

    Você conhece o SuperAção Saúde? É um circuito de caminhadas de 5 km que vai contar com aulas de alongamento e relaxamento, coordenadas pela apresentadora de TV Solange Frazão.

    Estamos divulgando as quatro caminhadas do Circuito, que acontecem nos meses de julho e agosto, nas cidades de Contagem (MG), Jaguariúna (SP), Lavras (MG) e Santo André (SP). A ação é promovida pela Magneti Marelli, uma das maiores fabricantes de componentes e sistemas automotivos do mundo, com o objetivo de incentivar a qualidade de vida das comunidades em regiões onde a empresa tem suas plantas industriais.

    As inscrições já estão abertas, as vagas são limitadas e os interessados devem se inscrever pelo site http://www.saudesportes.com.br. A taxa é de R$ 15,00 com direito a kit lanche e camiseta exclusiva. Em outro endereço na Internet, o http://www.caminhadamarelli.com.br, foi criado um blog exclusivo do SuperAção Saúde, em que os internautas podem conhecer detalhes dos eventos e enviar fotos das caminhadas para serem publicadas, por exemplo.
    A informação é bacana para os leitores do teu blog, não é?! O que você acha?

    Caso queira receber mais informações, estou à disposição.
    Obrigada,

    Valéria.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Como escolher a terapia mais adequada?

A psicologia é composta por diferentes enfoques ou abordagens quando o assunto é investiga…