7 dicas para economizar durante processo de emagrecimento

Nutricionista diz que não é preciso gastar fortunas em alimentos especiais ou suplementos

Os preços dos alimentos ultraprocessados estão mais baratos que os da comida de verdade, como verduras, legumes, frutas e carnes.

Ter uma dieta saudável para eliminar os quilos a mais requer um investimento financeiro (e de tempo) maior, mas o nutricionista funcional e responsável técnico pela Growth Supplements, Diogo Cirico, explica que é possível economizar durante esse processo com algumas dicas.

“Economizar no emagrecimento significa fazer o que deve ser feito gastando o mínimo; fazer valer todo investimento e conseguir o melhor resultado no menor tempo”, define.

No mercado

A primeira dica está diretamente relacionada à escolha dos alimentos e ao processo de compra. “Escolha sempre frutas e vegetais da estação, eles são mais baratos. Nunca vá ao supermercado com fome, ansioso ou estressado.

PUBLICIDADE

Nós costumamos ‘comer’ nossas emoções. Escolha um momento de paz consigo mesmo para ir ao mercado”, ensina.

Substitutos

Para economizar, é preciso entender que não existe um superalimento ou um alimento indispensável para a dieta. “Receitas de internet com salmão, sal rosa do Himalaia e outros ingredientes mais caros não são indispensáveis. Troque o salmão por outro peixe mais barato.

O mesmo acontece com as demais formas de proteína. A moela de frango, por exemplo, é menos calórica, mais barata e tem mais proteína que o peito de frango. Você não precisa comer filet mignon, pode usar músculo, fraldinha ou acém, por exemplo.

Pode também trocar a carne bovina por cortes mais magros de porco, como o lombo e o pernil (desde que a gordura seja removida), que são mais baratos”, detalha.

Controle as calorias

Sem deficit calórico não há emagrecimento, por isso é fundamental calcular a quantidade de calorias da dieta.

“Você não precisa gastar dinheiro com isso. Existem aplicativos gratuitos disponíveis para o cálculo, como o da Growth Supplements. Sem esse controle, qualquer investimento será desperdiçado”, diz.


Disciplina

A disciplina é indispensável para que os resultados apareçam no menor tempo possível. “Quanto mais tempo dura uma dieta, maiores as chances de abandono e quanto mais escapadas você dá, mais tempo levará para atingir o objetivo.

Quanto maior sua adesão à dieta, maior será a eficiência metabólica e mais rápido será o processo de emagrecimento”, explica o especialista.

Fuja de modismos

Cirico orienta cuidado na escolha dos suplementos. “Eles não são emagrecedores, apenas podem ajudar na sinalização (chá verde), termogênese (ativos da pimenta) e desempenho (cafeína). Evite os suplementos da moda, com fórmulas que prometem o céu. Mesmo com centenas de formulações diferentes disponíveis, poucas realmente trazem algum efeito comprovado pela ciência”, diz.

Aumente a sensação de saciedade

Escolha alimentos que promovam a sensação de saciedade, como os vegetais de baixo valor calórico. Distribua, ao longo do dia, alimentos como morango, melão, mamão, laranja, brócolis, cenoura, pepino, clara de ovo, farelo de aveia e trigo.

“Outra dica é treinar com altas cargas. Isso promove redistribuição do fluxo sanguíneo, estimula a síntese de substâncias como LAC-PHE e IL-6, o resultado é a redução do apetite”, explica.


Priorize os vegetais da estação no momento da compra

O responsável técnico pela Growth Supplements recomenda investir em nutrientes especiais, como a catequina e o triptofano.

“Eles ajudam a aumentar o poder de saciedade e reduzir a sensação de apetite ao longo da dieta.

O triptofano funciona sendo um precursor serotonina, hormônio relacionado ao bem-estar, e as catequinas atuam através de receptores que ficam no hipotálamo, responsável pelo controle da ingestão alimentar.

Boas fontes desses nutrientes são o chá verde, chá branco, cacau, banana, leite, ovos e sementes em geral”, detalha.

Consciência no prato

Tenha atenção plena ao momento das refeições. “Mastigue muitas vezes, procure um ambiente calmo e se concentre na alimentação.

Mastigue bem os alimentos e tenha atenção plena no momento da refeição

Durante a mastigação produzimos sinalização para o hipotálamo. Quanto mais mastigamos, quanto mais atenção temos com a refeição, maior será a capacidade de sinalização gerando saciedade”, completa.

Escolha bem seu investimento

O nutricionista explica que, via de regra, uma alimentação balanceada fornece todos os nutrientes que nosso corpo necessita.

Por isso, ele recomenda investir em uma alimentação colorida e variada, em vez de gastar com polivitamínicos e fórmulas emagrecedoras.

Antes de comprar todo e qualquer suplemento para investir em um plano de perda de peso, consulte um nutricionista para verificar se é realmente necessário.

“Cada caso é um caso. Se a ideia for melhorar o desempenho, os suplementos mais indicados são a beta alanina; bicarbonato; creatina e cafeína”, pontua.

7 dicas para economizar na dieta

  1. Calcule as calorias
  2. Seja disciplinado
  3. Use ‘truques’ que aumentem a saciedade
  4. Fuja de suplementos emagrecedores e da moda
  5. Não vá às compras se estiver com fome, ansioso ou estressado
  6. Escolha vegetais da estação
  7. Invista em suplementos para o desempenho

Vegetais da estação: abacate, abacaxi, acerola, banana prata, castanha nacional, laranja pera, couve flor, cheiro verde, rúcula, abobrinha, chuchu e tomate.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *