Home Trabalho Como ajudar sua empresa a sobreviver à crise?

Como ajudar sua empresa a sobreviver à crise?

12 min de leitura
0
0

Em meio à pandemia, com a população em quarentena, várias empresas têm suas portas fechadas e faturamento comprometido. No entanto, obrigações financeiras com funcionários e fornecedores, além de passivos do negócio, continuam em sua grande maioria.

Fica então a pergunta: como ajudar sua empresa a sobreviver nesse cenário desafiador?

Muitos não sabem, mas a maioria das pequenas e médias empresas no Brasil geram cerca de 80% dos empregos de carteira assinada. Estou falando da padaria da esquina, do Petshop que você leva seu animal, do pequeno negócio onde existe uma forte presença do dono e ele quase se mistura com a identidade da empresa.

Esses pequenos negócios não estão preparados para paradas bruscas em seu funcionamento, deixa eu explicar um pouco mais. Com a parada em seu funcionamento e consequente quebra nos recebimentos, pequenas empresas precisam consumir seu capital de giro simplesmente para continuar funcionando. Acontece que um grande percentual dessas empresas possuem menos de 27 dias de capital giro para sustentar sua operação, ou seja, para manter a empresa funcionando.

Diante disso, de um cenário caótico, proprietários de negócios precisam tomar decisões imediatas para garantir a sobrevivência de seus negócios e isso é um desafio, pois muitos não estavam preparados e se encontram em um ciclo de medo e preocupação, que gera uma paralisia em termos de ações concretas.

Para ajudar nesse cenário, listo algumas estratégias que já estão sendo implementadas por diversas empresas no Brasil para superar a crise:

Capital psicológico

Capital psicológico positivo pode ser caracterizado por quatro capacidades distintas, essenciais para superar períodos de adversidades.

  • Esperança: a capacidade de ter objetivos estabelecidos, motivação para segui-los e meios para alcançá-los.
  • Eficácia: a confiança para assumir desafios e tarefas desafiadoras, acreditar na sua capacidade de realizar conquistas e ser bem sucedido.
  • Resiliência: manter-se firme e voltar a seu estado de funcionamento otimizado, mesmo quando submetido a pressões e adversidades.
  • Otimismo: esperar o melhor em relação ao presento e o futuro

Quando se fala em tomar decisões de maneira rápida e se mover para buscar melhores resultados, essas capacidades psicológicas não foram escolhidas ao acaso, na verdade estão associadas à performance no trabalho, mudança organizacional e a resultados positivos, tão necessários em períodos de recessão.

Medidas financeiras

Medidas financeiras imediatas são críticas para a sobrevivência de pequenas e médias empresas, separei algumas ações imediatas para ajudar a equilibrar suas contas.

De imediato você pode postergar o pagamento do financiamento de imóveis e veículos, medida liberada pelo governo para ajudar pessoas a passar por esse período mantendo seu capital.

Se suas operações estiverem paradas em sua grande maioria, pode ser uma boa ideia fazer acordos com seus funcionários, incluindo antecipação de férias. É importante também negociar prazos de pagamento adicionais com seus principais fornecedores, ganhando fôlego financeiro durante as semanas de quarentena.

Também vale a pena negociar formas de pagamento flexibilizadas com passivos do negócio, como o aluguel. Vários de meus clientes conseguiram descontos significativos durante os meses de recessão ou o parcelamento de parte do valor nos meses subsequentes.

É importante também, mais do que nunca, olhar com muita atenção suas despesas pessoais e do negócio. Redução de custos é a palavra da vez.

Competências empresariais

O momento atual também pede novas competências aos donos de negócio.  Se antes a presença física era o motor para supervisionar equipes e garantir o bom desempenho, agora, diversas empresas e seus funcionários precisam trabalhar de home office.

Se por um lado, todos, inclusive o empreendedor, precisam aprender a trabalhar e serem produtivos de casa, por outro, o dono do negócio ou gestor precisa aprender a exercer uma gestão eficaz à distância.

Para tudo isso, mas do que nunca, a importância do planejamento se faz necessária. Isso envolve objetivos muito bem determinados para o negócio e a equipe, momentos de acompanhamento e supervisão virtual, uma boa dose de motivação ao time, entre outras ações.

Estratégias de negócio

Como falado no início do artigo, muitas empresas têm suas portas fechadas devido à quarentena. Embora desafiador, isso pode ser uma grande oportunidade de pensar em modelos para inovar seu negócio.

Estou falando de maneiras diferentes de fazer Marketing e também de atender seus clientes.

É o momento de marcar presença na internet, aparecer nas mídias sociais e pensar em diferentes formas de continuar fazendo vendas e operando mesmo em quarentena.

Vários prestadores de serviço aprenderam a continuar seus atendimentos de forma virtual, como consultores e terapeutas. E diversas lojas de produto começaram a fazer vendas por mídias sociais, além de fazer a entrega aos seus clientes.

É o momento de pensar fora da caixa e manter seu negócio funcionando e o fluxo de caixa entrando da melhor forma possível.

Te convido agora a refletir por um minuto, quais estratégias te chamou mais a atenção? Fazer ajustes financeiros? Investir em seu capital psicológico ou competências de negócios? Ou até mesmo desbravar novos territórios de Marketing e outros modelos de entrega de seus produtos ou serviços?

Independente de seu desafio atual, imagino que manter seu negócio de pé deva ser uma prioridade para você, então por que não implementar melhorias desde já?

Se pergunte:
– Qual delas será implementada?
– Quando e como será feita?
– Quais outras competências você precisa adquirir?

Venho acompanhando o desenvolvimento de várias pequenas empresas neste momento de quarentena. Restaurantes e bistrôs estão oferendo serviços de entrega de alimentos, consultores continuam seus trabalhos de forma virtual, empresas dos mais variados segmentos começam a entregar seus produtos por delivery.

O lado positivo é que, uma vez que a quarentena acabar, por terem sido forçadas a se reinventar, essas empresas terão muito mais competitividade no mercado, pois decidiram se aperfeiçoar e desenvolver novas competências e estratégias. Pode-se chamar esse fenômeno de Seleção Natural do ambiente de negócios.

Independente de qual seja seu segmento e desafio no momento, espero que você possa ter aprendido novas estratégias para promover suas vendas, controlar as finanças de seu negócio e se tornar uma pessoa mais preparada para lidar com os desafios que vivemos na quarentena, isso para que você possa sair desse momento ainda mais fortalecido e pronto para um novo horizonte de negócios.

 

 

Valdez Monterazo é Master Coach e Partner da SBCoaching.


Recomendados

livros recomendados - lista amazon

Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Médico afirma: Combate ao COVID não é protocolo, é experiência clínica

Tudo o que acontece na Medicina precisa de fundamentação. Como explicar que, em uma mesma …