Home Espiritualidade Salvação em Nenhum Outro Nome

Salvação em Nenhum Outro Nome

21 min de leitura
0
0
brown cross on green grass field during sunset

O que as pessoas mais precisam? A resposta permanece a mesma de sempre: Uma compreensão clara do Evangelho. Com isso quero dizer que as pessoas precisam de Jesus, não aquele que tantos hoje criam em suas mentes, mas aquele revelado nas páginas das Escrituras.

O apóstolo Pedro disse isso em Atos 4:12: “E em nenhum outro há salvação, pois não há outro nome debaixo do céu pelo qual devamos ser salvos”.

Jesus disse isso em João 14:6: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. Nossa crença na exclusividade de Cristo como o único caminho para a vida eterna vem das palavras do próprio Salvador.

Em Atos 4:12, Pedro simplesmente afirmou o que ouviu o Salvador dizer na noite anterior à Sua crucificação; não há outro caminho, “nenhum outro nome”. Só ele é a porta para a vida eterna; todos os outros caminhos levam à destruição eterna.

O versículo mais famoso de toda a Escritura afirma esta verdade: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho único, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

CRENÇA

Nos versículos que precedem João 3:16, Jesus não apenas aponta para a crença em Si mesmo como o caminho da salvação, mas também a cruz como seu meio: “E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê tenha a vida eterna” (João 3:14-15).

Jesus morreu em nosso lugar na cruz; Ele pagou a dívida pelos nossos pecados. É por isso que não há outro nome além de Jesus; ninguém mais pagou a dívida pelos nossos pecados. Somente Cristo tomou nosso lugar na cruz.

O apóstolo João escreveu estas palavras: “Mas a todos os que o receberam, que creram em seu nome, deu o direito de se tornarem filhos de Deus” (João 1:12).

A crença em Jesus é essencial, tudo o que é necessário para entrar pela porta da vida eterna.

E AS BOAS OBRAS?

As boas obras têm alguma parte em nossa salvação? Absolutamente não!

Ninguém pode ganhar sua salvação porque o padrão é muito alto. Em Mateus 5:48, Jesus nos deu o padrão necessário de salvação: “Vocês, portanto, devem ser perfeitos, como o seu Pai celestial é perfeito”.

A justiça necessária para nos salvarmos é tão alcançável quanto alguém pulando no Oceano Pacífico em Laguna Beach, Califórnia, e nadando sem parar até o Havaí. Começamos nossa jornada na vida “mortos em nossos delitos e pecados” (Efésios 2:1) e descemos a partir daí. Sem a intervenção de Deus, nunca experimentaríamos uma nova vida em Cristo.

Paulo, em Efésios 2:4-9, nos dá a essência do Evangelho:

“Mas Deus, sendo riquíssimo em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo – pela graça sois salvos – e nos ressuscitou com ele e nos fez assentar com ele nos lugares celestiais em Cristo Jesus, para que, nos séculos vindouros, mostrasse as imensuráveis ​​riquezas da sua graça em benignidade para conosco em Cristo Jesus. Pois pela graça você foi salvo por sua fé. E isso não é obra sua; é dom de Deus, não de obras, para que ninguém se glorie”.

É Deus quem nos vivifica em Cristo. Herdamos a vida eterna somente com base na graça e a recebemos pela fé. Não acrescentamos nada à obra de Jesus na cruz. Ele tomou sobre si os nossos pecados para que “nos tornássemos justiça de Deus” (2 Coríntios 5:21).

JESUS PAGOU POR TUDO

Paul David Tripp começa seu devocional de 3 de julho em Novas Misericórdias com estas palavras: “Jesus pagou tudo! Não há contas a pagar pelo seu pecado! Agora você está livre para simplesmente confiar e obedecer.”

Porque suas palavras retratam tão claramente o coração do Evangelho, eu as cito na íntegra abaixo.

“Pare de tentar ganhar algo de Deus. Pare de tentar ganhar mais de sua aceitação. Pare de tentar ganhar o favor dele. Pare de tentar ganhar sua lealdade. Pare de tentar fazer algo que pague por sua bênção. Pare de tentar comprar moralmente sua saída da raiva dele. Pare de tentar alcançar um nível onde você conhecerá a paz duradoura com ele. Apenas pare de tentar. Simplesmente pare.

“Tantos cristãos carregam em seus ombros um fardo que não precisam carregar. Eles se levantam todas as manhãs e pegam a pesada carga de tentar de alguma forma, alguma forma de alcançar algo com Deus. Eles trabalham duro para exercitar o que não têm na esperança de conseguir o que é impossível. Simplesmente não pode funcionar. Então, onde isso leva? Isso leva ou ao orgulho assustador da justiça própria – uma cultura de auto-apoios moralistas, que não têm nenhum problema em julgar aqueles que não alcançaram o nível de justiça que eles pensam que têm – ou ao medo e desânimo – uma cultura de pessoas que não corra para Deus com seus pecados porque eles têm medo dele.

“Paulo elimina essa cultura distorcida e debilitante de “comprar o seu caminho para a graça” com uma impressionante economia de palavras: “Ora, é evidente que ninguém é justificado diante de Deus pela lei” (Gl 3:11). É uma declaração que não requer preâmbulos nem emendas. Ninguém jamais é aceito por Deus porque ele ou ela guardou a lei. Ninguém. É isso; sem compromissos e sem acordos são necessários. Eles não são necessários porque, primeiro, é impossível comprar o seu caminho para o favor de Deus porque o pecado faz de você um transgressor da lei e, segundo, suas contas foram total e completamente pagas no único pagamento da cruz de Jesus Cristo. Cristo não fez o primeiro pagamento de sua hipoteca moral; ele pagou toda a sua hipoteca moral em um único pagamento para que você pudesse viver em relacionamento com Deus sem dívidas para sempre.

“Então pare de tentar medir-se para obter o que quer que seja de Deus. Pare de se esconder dele quando você errar. Pare de se comparar com outras pessoas, imaginando se Deus te ama menos porque você não é tão “bom” quanto elas. Pare de nomear as coisas boas que você faz como justiça que não apenas o aproxima de Deus, mas também prova aos outros que você é. Apenas pare de pedir à lei para fazer o que somente a graça pode alcançar, e comece a descansar no fato de que você não tem nenhuma conta moral devida porque Jesus pagou todas elas na cruz. E quando você pecar, não finja que não cometeu, não entre em pânico e não se esconda. Corra para Jesus e receba misericórdia em seu momento de necessidade, o tipo de misericórdia que ele pagou para você ter”.

Jesus pagou por tudo; nada acrescentamos à cruz. Nossa salvação está realmente consumada.

AGORA É A HORA DE ACREDITAR

Se você não invocou o Senhor com fé para o perdão de seus pecados, por favor, faça isso hoje. O tempo é extremamente curto. Jesus assegura a todos nós através do Novo Testamento que a crença Nele, e somente Nele, leva à vida eterna. Eu amo as palavras de 1 João 5:11-12 a esse respeito:

E este é o testemunho, que Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.

Não há outro nome. Ninguém mais pagou a grande dívida pelos nossos pecados, somente Jesus. Você não encontrará vida em nenhum outro nome; sua bondade não tem importância. Somente Jesus salva e nós permanecemos Nele somente por causa de Sua graça, misericórdia, amor inabalável e Seu poder protetor que nos mantém seguros nesta vida e o fará por toda a eternidade.

Agora é a hora de admitir que você é um pecador e clamar ao Senhor com fé! Agora é a hora de acreditar! É tão simples assim, mas é importante para toda a eternidade.

Se você já está em Cristo, saiba que sua segurança é totalmente baseada na graça de Deus. Não acrescentamos obras à nossa salvação. Nossa esperança repousa 100% no amor de Jesus por nós. Todos nós temos um passado mesmo depois de colocarmos nossa fé no Salvador, mas a verdade do Evangelho é que não somos mais culpados . Não devemos nada porque Jesus pagou toda a nossa dívida na cruz.

Não deixe ninguém lhe dizer que é possível que você se afaste de sua salvação ou perca sua herança eterna de qualquer forma. Isso é uma negação da graça, a adição de obras ao sacrifício de Jesus na cruz em nosso favor, e uma perversão do Evangelho.

Se você está lendo isso depois que Jesus veio para Sua Igreja, saiba que ainda há tempo para se voltar para Ele, mas saiba que não deve demorar.

Nota : Por favor, considere inscrever-se no meu boletim informativo na página inicial do meu site em https://www.jonathanbrentner.com/. Vai me ajudar muito a alcançar mais pessoas. Obrigado!

 

Por Jonathan Brentner

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Espiritualidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja Também

Não Temas!

Não tenha medo! A noite está quase acabando; o dia está quase a&…