Home Bem-estar Saúde Psicologia Como cultivar uma mentalidade vencedora?

Como cultivar uma mentalidade vencedora?

10 min de leitura
0
0

Cada vez mais empresários e executivos procuram ajuda externa para desenvolver capacidades mentais

mentalidade vencedora

Enfrentar crises e superar desafios está na realidade de qualquer empreendedor. Em tempos de quarentena, mais do que nunca, isso se tornou uma rotina. Mudanças no cenário econômico, no processo de vendas, reuniões virtuais, enfim, uma infinidade de pequenas mudanças no dia a dia de uma empresa.

Dito isso, a mudança mais relevante é a interna, relacionada aos nossos próprios hábitos e padrões comportamentais. Mais do que nunca, se faz necessário ter uma mentalidade forte e saudável. Para ilustrar isso, convido você a ler, com muita atenção, uma milenar história oriental.

O jovem e triste discípulo perguntou ao mestre:
– Mestre, como posso parar de me preocupar com as adversidades com que me encontro?

O sábio mestre, compadecido com o jovem, pediu que ele pegasse um punhado de sal e um copo com água. Em seguida, pediu para que ele despejasse o sal na água e bebesse o conteúdo, ao que perguntou se o discípulo havia gostado do sabor da água.

O discípulo respondeu:
– O sabor é terrível, está salgada e amarga, nunca tomei uma água tão ruim em toda minha vida.

Novamente, o mestre pediu que o discípulo repetisse o mesmo procedimento, só que agora, ao invés do copo com água, falou ao jovem para despejar o sal no rio próximo ao templo. Ambos foram, o jovem assim o fez e bebeu da água do rio.

Dessa vez, a resposta do discípulo foi diferente:
– Mestre, essa é a melhor água que já bebi, limpa e leve!

O mestre, então, de maneira calma e serena, explicou:
Não se trata de mudar o sal da vida e, sim, de se transformar, de um copo para um rio, aumentar de tamanho. Então, ao crescer e se tornar um ser humano maior, as adversidades não mais salgarão tua vida ou mudarão o teu sabor.

Os contos que perduram por séculos, em geral, contêm a semente da verdade. No caso da história acima, a de que diante de desafios e adversidades, devemos focar em ser pessoas melhores, mais profundas, ou seja, evoluir, pois assim a relevância dos problemas será cada vez menor.

Agora, juntando a mensagem das velhas tradições com o que existe de mais avançados na Psicologia Positiva, quero apresentar o conceito de Capital Psicológico Positivo:

Se trata de um estado de desenvolvimento relacionado a quatro capacidades humanas, sintetizadas no acrônimo HERO: H de Hope (Esperança), E de Efficacy (autoeficácia), R de Resilience (Resiliência) e O de Optimism (Otimismo).

Tal como um músculo, podemos desenvolver cada um desses. Me permita explicar um pouco mais o conceito:

  • Esperança

Esperança é a última que morre, todos conhecem esse antigo ditado popular, no entanto, poucos sabem que a esperança é o resultado final da habilidade de uma pessoa em relação a três competências específicas:

  1. estabelecer para si objetivos relevantes;
  2. encontrar caminhos e estratégias para esse objetivo;
  3. ter iniciativa e motivação para atingir esses objetivos;

Quer ter mais esperança? Reflita sobre esses três temas.

  • Eficácia

Eficácia é a crença de que você será bem sucedido nos projetos e resoluções que você se dispor, crença em sua capacidade de realização. Uma pessoa com a eficácia elevada tem a energia e vontade necessária para iniciar e concluir projetos, enfrentar crises e superar desafios.

  • Resiliência

Resiliência está muito relacionada à capacidade de retomar o mais rápido possível ao nosso estado de alto rendimento e performance psicológica, mesmo quando submetidos a desafios e dificuldades. Ou seja, o quão rápido nos recuperamos dos tropeços da vida.

Se tiver a oportunidade de estudar a bibliografia de grandes personalidades da história, irá se  inspirar pela maneira com que eles enfrentavam e superavam adversidades.

  • Otimismo
    Otimismo está relacionado à crença de que o futuro e as circunstâncias nos serão favoráveis. O grande fato é que existem inúmeros benefícios em se tornar uma pessoa otimista, incluindo uma personalidade mais agradável e maior propensão para buscar recursos e estratégias para seus objetivos.

 

Convido você agora a refletir: Qual dessas capacidades mentais você mais precisa neste exato momento?

Determinar isso é o primeiro passo em direção a uma mentalidade mais forte, um capital psicológico mais elevado. Convido você também a praticar essas capacidades, exercitá-las, encare-as com músculos emocionais. Quanto mais praticamos essas capacidades, assim como músculos, mais elas se tornam fortes e presentes em nossa vida.

Por último, busque ajuda!

Cada vez mais empresários e executivos procuram ajuda externa para desenvolver capacidades mentais, e, assim, elevar sua performance e resultados em seus negócios. É exatamente esse o papel de um coach especializado em psicologia positiva: trabalhar em parceria absoluta para garantir um capital psicológico superior e, assim, maiores resultados pessoais e profissionais.

Ao ler até aqui, você se familiarizou com o conceito de capital psicológico, juntamente com a importância de elevar sua esperança, eficácia, resiliência e otimismo.

Torço para que desenvolva as capacidades mentais acima mencionadas e, ao fazer isso, assim como na história do jovem discípulo, você também possa conquistar a profundidade psicológica suficiente para tornar as adversidades cada vez menos relevantes e, consequentemente, mais satisfação e realização em sua vida pessoal e profissional.

 

Artigo de Valdez Monterazo – Associado sênior na Sociedade Brasileira de Coaching, especializado em negócios, liderança e psicologia positiva. Tem cases de sucesso e promove resultados em diversos segmentos de pequenas e médias empresas. Saiba mais em: https://valdezmonterazo.com.br/


Recomendados

livros recomendados - lista amazon

Publicidade

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Psicologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Conexão entre corpo, mente e autoestima: um desafio diário

Para fazer as coisas acontecerem na vida, é necessário buscar o equilíbrio entre três elem…