Home Consciência Os Estágios do Crescimento Espiritual

Os Estágios do Crescimento Espiritual

29 min de leitura
1
0

Prepare-se, porque você terá que viajar sozinho. O Instrutor só pode apontar o caminho. ~Helena Blavatsky

De que Modo a Paz e a Liberdade Substituem o Sofrimento

The Theosophical Movement

Nota dos Editores:

Publicado originalmente na Índia, o artigo a seguir descreve o rumo e o aprendizado de longo prazo da alma humana. O leitor deve levar em conta que uma tal trajetória se dá ao longo de muitas vidas. Por outro lado, alguns passos simples e concretos, tomados hoje, abrem caminhos e oportunidades para o dia de amanhã. Como diz o ditado taoísta e chinês, “uma longa caminhada de dez mil quilômetros começa com o primeiro passo”.

Em algum ponto da sua jornada espiritual, todo estudante sério da sabedoria tem necessidade de saber se está fazendo progresso. Quais são os sinais do crescimento espiritual? Há estágios definidos de crescimento? Em que momento é necessária a ajuda de um guru?

Todas as tradições espirituais recomendam que não nos preocupemos com o progresso. Conta-se aquela história de um discípulo a quem foi dito que necessitaria dez anos para alcançar a auto-realização. Ele quis saber se, trabalhando duro, poderia alcançar a meta em menos tempo. A resposta foi que neste caso ele demoraria muito mais tempo, porque, enquanto há preocupação em alcançar a meta, não é possível dar o melhor de si para a busca espiritual.

A obra “Luz no Caminho” recomenda:

“Cresça como cresce uma flor, inconscientemente, mas com um profundo desejo de abrir sua alma para o ar. Do mesmo jeito, você deve fazer um esforço para ir adiante e abrir sua alma para a eternidade.”

No entanto, é recomendável praticar a auto-observação ao final de cada dia, para tornar-nos conscientes dos nossos pontos fortes e das nossas fraquezas, tomando uma decisão eficaz de não repetir os erros.

O desenvolvimento espiritual é um processo lento. Como bons jardineiros, devemos preocupar-nos somente com a tarefa de nutrir bem a planta da alma, sem forçar o seu crescimento. Ela pode não estar suficientemente forte para produzir frutos quando nós queremos, mas algum dia ela produzirá. Basta para que isso aconteça que não sejamos ansiosos e que a alimentemos corretamente. “Aprender significa estar contentes, ou melhor, resignados com nós mesmos e nossas limitações, mesmo enquanto lutamos para ir além delas …… Não podemos viver todos nós imediatamente à altura destes altos ideais, como alguns outros conseguem”, escreve William Judge. [1]

Talvez durante um longo tempo não haja quaisquer sinais visíveis do nosso progresso. Mas o importante nesta jornada não é o quanto nós progredimos. O importante é em que direção estamos avançando. Há certos fatos que indicam se estamos mudando e crescendo, e se estamos na direção certa. Certas experiências e intuições são comuns a todos os aspirantes espirituais.

Pessoas diferentes têm modos diferentes de progredir. Cada um abre para si mesmo um caminho único. O processo não ocorre como se alguém avançasse por um caminho lamacento, deixando detrás de si pegadas inconfundíveis que os outros podem seguir para alcançar a meta. H. P. Blavatsky também disse:

“Não sigam a mim, nem meus passos, mas sigam o Caminho que eu indico.”

Cada ser humano é único, e embora haja certas experiências básicas pelas quais todos têm de passar, os passos exatos e o ritmo de crescimento não são os mesmos. O Buddha diz que o caminho de uma pessoa que alcançou a auto-realização “é tão difícil de determinar como o vôo dos pássaros pelo céu”.

Quando começa o processo da mudança, podemos ver a transformação nos planos físico, mental, emocional e moral. À medida que progredimos, somos capazes de permanecer serenos e continuar com nosso trabalho mesmo quando o corpo está doente, porque somos capazes de dissociar-nos do corpo. Mais adiante, percebemos que temos maior controle dos nossos pensamentos e emoções. Há menos necessidade de depender dos outros. O antigo desejo por novidades e sensações é lentamente substituído pela satisfação da paz. Podemos descobrir que perdoamos mais e temos mais compaixão, e que aceitamos mais facilmente as pessoas e as circunstâncias.

[…] continua – página 2


Recomendados

livros recomendados - lista amazon

Comentário(s)

Pages 1 2 3 4
  • Antenas Sutis

    O homem está esquecido de suas antenas sutis, com as quais podia sintonizar o Universo e s…
  • 51 Sintomas do Despertar Espiritual

    Perceba os sinais ou sintomas do despertar espiritual. …
  • Religião e Futebol

    Quando você concentra sua atenção e ação, sua práxis, em valores como reconciliação, perdã…
Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Consciência

Um comentário

  1. jessica.elisa@ig.com.br'

    Jéssica Elisa

    2 de setembro de 2010 at 19:53

    Lindo site Sah! Mensagens inspiradoras! Emocionante!
    Mta Luz! Bjo pra ti!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Antenas Sutis

O homem está esquecido de suas antenas sutis, com as quais podia sintonizar o Universo e s…